A Fragmentação de documento destruir é efectuada em condições de rigorosa segurança, utilizando contentores técnicos especiais. Estes têm uma capacidade de 70L a 240L, são construídos em alumínio, e equipados com uma fechadura de segurança integrada que lhes atribui características de inviolabilidade.

Os documentos podem ser colocados dentro dos contentores de segurança no seu estado original, incluindo arquivadores, separadores, agrafos e clipes, poupando-se assim muito tempo na sua preparação, acondicionamento, e embalagem.

O levantamento dos documentos é efectuado por pessoal especializado e será sempre corroborado por Auto de Entrega, numerado, com o registo de cada palete remetida, sendo assinado pelo representante do Cliente, pelo condutor da GADSA, pelo funcionário responsável pela recepção dos documentos nas instalações de segurança, e, finalmente, pelo funcionário da GADSA responsável pela destruição.

Todas as recolhas efectuadas serão acompanhadas do Modelo A – Guia de Acompanhamento de Resíduos, emitida pelo Ministério do Ambiente.

Destruição Segura dos Documentos

O sistema de destruição da GADSA garante a fragmentação em segurança dos documentos de acordo com as normas de segurança internacionais DIN 32757, mistura, moagem, e prensagem do material resultante, com impossibilidade de reconstrução da informação, além da produção de matérias secundárias directamente recicláveis.

É emitido um Certificado de Destruição da documentação destruída, onde pode constar a informação que o Cliente considerar relevante para efeitos de auditorias e fiscalizações, nomeadamente: a data da destruição, a identificação dos documentos destruídos (datas a que se referem, natureza dos documentos, etc.) e o nome da entidade responsável pela destruição e seus legais representantes.

Para controlo das condições de destruição da documentação o cliente poderá, sempre que o entender, acompanhar o transporte e a destruição dos documentos.

FRAGMENTAÇÃO DE DOCUMENTOS